Advertisements 2
Advertisements 1

Os 5 reforços mais caros da história do Grêmio

Advertisements 2
  • Publicado por: Fut na TV
  • | Postado em 11/05/2021
  • | Ultima atualização em 11/05/2021

O Grêmio tem sido muito conhecido recentemente por ser um clube formador. A equipe apostou muito na base nos últimos anos e revelou grandes jogadores, como Arthur, Everton Cebolinha e Douglas Costa.

Porém você sabia que é justamente neste histórico recente que o Grêmio mais investiu em contratações? Sim, dos 5 reforços mais caros da história do Grêmio, todos os cinco foram contratados dentro dos últimos dez anos.

Mas será que eles deram certo com a camisa tricolor? Será que conseguiram, em campo, responder as expectativas? Pois diferentemente do que algumas pessoas falam, dinheiro não é tudo no futebol e muitas vezes apostas caras não conseguem dentro de campo se mostrar efetivas.

As joias da base gremista

Antes de falar dos preços investidos em contratações, quero dar um destaque maior para a base do Grêmio. Isso porque grandes jogadores foram revelados pelo tricolor, como dizemos, e isso rendeu a equipe dinheiro e títulos nos últimos anos, mesmo sem investir nas tais contratações de luxo.

Marcelo Grohe chegou a ser um dos melhores goleiros do futebol brasileiro, merecendo vaga inclusive para a seleção. Foram quase duas décadas de Grêmio, com muitas conquistas e ótimas atuações.

Mas é no meio de campo que a base do Grêmio se destaca. Nomes como Lucas, Arthur, Anderson e Douglas Costa ajudariam a formar um dos melhores times do Brasil, sem dúvidas. Além deles, Everton Cebolinha sobra no futebol brasileiro com sua velocidade e categoria. Pepê é outro da base que joga muita bola pelas pontas de campo.

Atualmente o Grêmio tem Matheus Henrique e Ferreirinha com grande potencial e que podem ajudar a equipe com títulos.

Os reforços mais caros da história do Grêmio

Certo, agora sim vamos falar dos reforços mais caros da história do Grêmio. E como dissemos anteriormente, todos eles são dos últimos dez anos, ou para ser mais específico, todos eles são de 2012 em diante.

O Grêmio com Romildo Bolzan tem sido um time muito bem administrado economicamente, e até por essa boa gestão acontecer, o clube também consegue dar tiros “caros” com maior frequência. Fato que justifica uma última década de valores mais elevados de compra.

Mas infelizmente par ao tricolor, os cinco reforços mais caros da história do Grêmio não deram certo, em sua maioria. Vamos a eles.

1 – Miller Bolaños – R$19,4 milhões

Miller Bolaños está no primeiro lugar de nossa lista de reforços mais caros da história do Grêmio. O equatoriano fez participações incrível pela Libertadores com a LDU, além de bons desempenhos também nos torneios nacionais.

Os 5 reforços mais caros da história do grêmio

O jogador até conseguiu viver momentos mágicos, como quando marcou logo na sua estreia, ou quando entrou na final da Copa do Brasil em 2016 aos 41 minutos e aos 43 marcou o gol do título.

Porém a vida de Bolaños no Grêmio foi extremamente instável, em nenhum momento o jogador conseguiu se manter em bom nível e de maneira geral sempre decepcionava. Apesar do desempenho ser ruim, Bolaños em 45 jogos pelo Grêmio, marcou 15 gols.

Ele foi emprestado ao Tijuana, ainda em 2017 e logo depois vendido, por 11 milhões de reais.

2 – Giuliano – R$15 milhões

Giuliano chegou ao Grêmio como uma grande contratação em 2014, quando foi comprado junto ao Dnipro, da Ucrânia. E não é possível dizer que o jogador decepcionou. Curiosamente ele tem números menos expressivos de gols que o Bolaños, mas no futebol não apenas gols fazem a diferença, e sim desempenho em campo.

Os 5 reforços mais caros da história do grêmio

E isso Giuliano entregou ao tricolor, fez grandes partidas e apesar de não ter vencido com títulos pelo Grêmio, vestiu bem a camisa. Por isso se fez valer como um dos reforços mais caros da história do Grêmio.

Até por isso, em julho de 2016, o jogador que se destacava no futebol brasileiro, foi comprado pelo Zenir, da Rússia. Na época, a negociação ficou na casa dos R$ 22 milhões de reais, sete a mais do que pagou em 2014 par ao trazer.

3 – Marcelo Moreno – R$14 milhões

Marcelo Moreno foi muito importante ao Grêmio em vários momentos, principalmente no início de sua passagem. O jogador foi contratado em 2012, vindo do Shakhtar Donestk, da Ucrânia. Curiosamente as duas melhores contratações gremistas desta lista vieram da Ucrânia.

Os 5 reforços mais caros da história do grêmio

No primeiro ano com o Grêmio, Moreno foi muito importante durante o Campeonato Gaúcho, além disso foi o artilheiro da equipe no Brasileirão de 2012, anos que o Grêmio terminou em terceiro nacional.

Após a chegada de Barcos, o jogador perdeu espaço e acabou sendo emprestado para Flamengo e Cruzeiro, antes de ser negociado em definitivo ao futebol asiático.

4 – André – R$10 milhões

O Grêmio resolveu apostar em um jogador que em determinado momento era dado como grande promessa do futebol Brasileiro. André surgiu no Santos junto de Neymar e Ganso como goleador, o jogador realmente despertou a atenção do futebol brasileiro e europeu, mas acabou ficando.

Os 5 reforços mais caros da história do grêmio

E parece que após a saída de seus companheiros, André nunca mais foi o mesmo. O jogador passou a fazer péssimos jogos pelo Santos, até ser vendido ao Sport, onde conseguiu fazer boa temporada.

Isso foi o suficiente para Renato Gaúcho pedir a contratação do atacante para a diretoria gremista. E com o valor de R$10 milhões de reais, André foi um dos reforços mais caros da história do Grêmio. Investimento esse que em nenhum momento se justificou.

O jogador irritava a torcida com um número muito grande de erros técnicos. Seja com passes, movimentação ou finalização, até o domínio de bola era um problema. André tinha baixa média de gols para um centroavante, 15 em 75 jogos.

A contratação deu tão errado, que o jogador rescindiu contrato em 2020 e saiu de graça.

5 – Marinho – R$9 milhões

O gremista que vê Marinho jogando hoje no Santos deve ficar no mínimo nervoso, ou ao menos deve ter a sensação de que o tricolor poderia esperar um pouco mais por um retorno em campo. Marinho é hoje um dos principais nomes do futebol brasileiro e foi um dos reforços mais caros da história do Grêmio.

Os 5 reforços mais caros da história do grêmio

Porém, no Grêmio, o jogador comprado em 2018 por R$9 milhões, nunca deu certo. O jogador foi inconstante em suas atuações e não conseguiu deslanchar.

O Grêmio não quis esperar muito e em 2019 negociou o atleta com o Santos, em troca pelo David Braz. Bem…parece não ter sido um negócio tão bom. David Braz é bastante questionado no Grêmio, enquanto Marinho é referencia técnica no peixe.

Conclusão

Apesar de recentemente o gremista ter escutado muito de Renato Gaúcho sobre a importância de investir em contratações para ter time forte, nem sempre gastar dinheiro significa bom trabalho em campo. E o próprio tricolor apresenta exemplos válidos disso com sua lista de reforços mais caros da história do Grêmio.

O tricolor investiu bem nos últimos anos, mas na maioria dos negócios que tentou, não conseguiu retirar grande futebol. Pelo contrário, foi de sua base que grandes conquistas vieram.

Fonte: Portal do Gremista Torcedores

Leia também: As 5 contratações mais caras da história do Palmeiras


© Copyright 20 Fla Hoje. Todos os direitos reservados
Website desenvolvido por Azarod